Hino do Comitê

Lamento de um rio
Letra: Moacir Donato
Música: Aroldo Garcia
Violões: Telmo Mota & Eliseu Castilho
Baixo: Sérgio Jacobsen
Intérprete: Adriano Garcia
Cidade: Santana da Boa Vista

Águas puras cristalinas
desse legendário rio
descem espalhando vida
pela natureza em cio
e no espinhel pintados
traíras e grumatãs
alimentam pescadores
irmãos desse Camaquã

Refrão:
Faça hoje, faça agora
não deixe pra amanhã
vamos pelear pela vida
do nosso Rio Camaquã

Velho rio que traz a vida
estão mudando sua sorte
nessas águas inocentes
desce a semente da morte
a ganância dos garimpos
e o rejeito dessas minas
mudaram até a cor
de suas águas cristalinas

Faça hoje, faça agora...

No silêncio da barranca
fim da tarde, ao sol cair
escutando o remanso
que tem alma pode ouvir
um lamento de tristeza
pela agressão atrevida
pede ajuda enquanto é tempo
de salvar a sua vida

Faça hoje, faça agora...