Segunda, 10 Julho 2017 17:20

Comitê Camaquã realiza Reunião Pública em Sentinela do Sul

No último dia 07 de julho realizou-se mais uma importante reunião do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Camaquã, desta vez na Câmara de Vereadores de Sentinela do Sul.

Entre os assuntos da ordem do dia, foram aprovadas as novas entidades do Comitê, a saber: Sindicato Rural de São Lourenço do Sul (suplente 3 na categoria de Produção Rural); Universidade Federal do Rio Grande – FURG (suplente 3 na categoria das Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão); e a Fundação Attila Taborda – FAT, mantenedora da Universidade da Região da Campanha – URCAMP (suplente 4 na categoria das Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão).

Na sequência houve a apresentação do Sistema de Outorga de Água do Rio Grande do Sul (SIOUT/RS) por técnicos do Departamento Estadual de Recursos Hídricos, e nos assuntos gerais, foram feitos relatos das participações de representantes do Comitê em eventos relacionados com recursos hídricos, inclusive sobre o projeto de mineração no alto Camaquã. 

O Presidente do Comitê Camaquã e Secretário Municipal do Meio Ambiente de Camaquã, Eng.º Agr.º Renato Zenker, noticiou a todos sobre dois projetos que estão disponíveis para bacia hidrográfica do Camaquã, um referente a ações de desassoreamento da área da barragem do Arroio Duro, com recursos previstos no valor de R$ 300.000,00 do Fundo de Investimentos em Recursos Hídricos do RS; e outro projeto sobre manejo, conservação e restauração de florestas no bioma Mata Atlântica, em elaboração pela WWF-Brasil e TANAC/TANAGRO, a contemplar os municípios de Encruzilhada do Sul, Amaral Ferrador, Canguçu, Cristal e Camaquã, com o objetivo de realização de ações de conservação e boas práticas agropecuárias. Dentro deste projeto, foi escolhido o município de Camaquã para a execução de um projeto piloto na sub-bacia do Arroio Duro, com recursos previstos no valor de R$ 1.000.000,00 a ser pleiteado do Programa Produtor de Água, da Agência Nacional de Águas (Edital ANA nº 001/2017), para ações de adequação de estradas rurais, terraceamento agrícola, construção de bacias de captação, e cercamento de remanescentes florestais e áreas em regeneração.

Também, será buscada a participação voluntária de pequenos agricultores da parte alta da sub-bacia do Arroio Duro para integrarem o programa PSA – Pagamento por Serviços Ambientais, com vistas a proteção de nascentes e áreas de mata ciliar, conforme conversado com o Eng.º Agr.º Vilmar Klein Ferreira, representante da Secretaria Municipal da Agricultura de Camaquã.

Participaram da reunião 35 pessoas, entre as quais: representantes locais e das entidades componentes do Comitê, autoridades municipais destacando-se os senhores Flávio Trescastro – Prefeito Municipal de Sentinela do Sul, Paulo Roberto Coutinho – Vice-Prefeito Municipal de Sentinela do Sul, Silvio Rafaeli – Prefeito Municipal de Tapes, e Alaor Pastoriza Ribeiro – Prefeito Municipal de Arambaré.